Home NOTICIAS Cinco homens são detidos por maus-tratos após atirarem cachorro em lagoa de Piracicaba

Cinco homens são detidos por maus-tratos após atirarem cachorro em lagoa de Piracicaba

4 min read
0
0
93

Cinco homens foram detidos na tarde deste sábado (18) após serem flagrados atirando um cachorro dentro de uma lagoa em Piracicaba (SP). Quatro deles são moradores de rua e estão acolhidos em um abrigo da prefeitura. O quinto é um professor de educação física que atua no abrigo.

Policiais civis viram a ação e filmaram. Dois dos homens pegam o cão pelas patas, balançam e jogam em direção à lagoa. Os outros três riem e filmam a ação. O cachorro nada e sai da água, mas é jogado novamente. O caso aconteceu próximo à pista de skate da Rua do Porto.

De acordo com a Polícia Civil, o cachorro não tem um olho, estava mancando e aparenta ser idoso. Ele foi entregue para responsáveis de um grupo de proteção animal.

Cachorro que foi atirado em lagoa em Piracicaba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Os cinco homens foram detidos e levados para a delegacia, onde foi feito um boletim de ocorrência de maus tratos a animais, depois foram liberados. Segundo os policiais, eles alegaram ter feito uma brincadeira de mau gosto e que estão arrependidos.

Os quatro moradores de rua que estão abrigados no Ginásio do Jaraguá não têm autorização para sair do local sem um responsável, que, neste caso, foi o professor de educação física.

Prefeitura
A Prefeitura de Piracicaba informou que vai abrir uma sindicância na próxima segunda-feira (20) para apurar o caso e que acompanhou o registro da ocorrência na delegacia.

“O procurador geral do município dr. Sergio Bissoli, agora no final da tarde, já pediu a um procurador que peça o boletim de ocorrência na segunda-feira, e abrirá imediatamente a sindicância. Para ele, a atitude do servidor é lamentável, principalmente quando era o responsável pela saída das outras pessoas do abrigo da prefeitura”, diz a nota.

A prefeitura informou ainda que trabalha para garantir a proteção dos animais de rua, que comprou um “Castramóvel” para atender cães e gatos de rua nos bairros e que já garantiu para o futuro a construção de um hospital público veterinário na cidade.

Defensora dos animais
A ativista pelos direitos dos animais Luisa Mell se manifestou sobre o caso em seu perfil no Instagram, onde ela tem 3,5 milhões de seguidores. “Quando eu soube do caso, começamos a levantar informações e fomos atrás para ajudarmos e conseguimos”. Segundo a postagem, o cachorro vai ser levado para o Instituto Luisa Mell.

Fonte: G1.com

Load More Related Articles
Load More In NOTICIAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Governo de SP adia a volta das aulas presenciais para 5 de outubro

O retorno das aulas presenciais das escolas públicas de São Paulo foi adiado de 8 de setem…