Home CERQUILHO Empresa brasileira Duci (DuPont e Cipatex) é comprada pela Fibertex

Empresa brasileira Duci (DuPont e Cipatex) é comprada pela Fibertex

4 min read
0
0
1,706

Conforme divulgado por Stella Fontes do Valor Econômico, no início de fevereiro, a empresa dinamarquesa Fibertex Nonwovens, fabricante de não tecidos com forte atuação no segmento automobilístico, comprou a brasileira DuPont Cipatex (DUCI).
O projeto prevê ampliação de 20% a 30% da capacidade instalada em Cerquilho, espera-se que nos próximos cinco anos a empresa mais que dobre de tamanho, tornando-se referência no mercado latino-americano.
Confira a matéria na íntegra abaixo:

A dinamarquesa Fibertex Nonwovens, fabricante de não tecidos com forte atuação no segmento automobilístico, comprou a brasileira DuPont Cipatex (DUCI), como parte da estratégia de ampliar presença no mercado sul-americano. Com a transação, cujo valor não foi divulgado, a multinacional assume uma fábrica em Cerquilho (SP), a primeira da Fibertex na América Latina. “Vamos usar a unidade paulista como plataforma para atendimento de outros países e localizar a produção de itens que são importados”, diz o principal executivo da Fibertex Nonwovens, Jorgen Bech Madsen.
No ano passado, a DUCI, que nasceu em 2001 de uma parceria entre DuPont e Cipatex, teve receita de R$ 64 milhões.

A multinacional, que integra o grupo industrial Schouw & Co., teve receita de 1,4 bilhão de coroas dinamarquesas (cerca de R$ 750 milhões).
As tratativas que resultaram na assinatura do contrato de compra e venda na última semana duraram pouco mais de três meses, num indicativo do elevado interesse dos dinamarqueses em estabelecer uma base produtiva na região.

“A economia brasileira está se recuperando. Esse é um bom momento para investir no país e garantir maior suporte aos clientes locais”, afirmou Madsen.

Com a aquisição, a multinacional reforça sua posição de grande fornecedora global de têxteis para a indústria automobilística. As demais unidades fabris da Fibertex estão localizadas na Dinamarca, França, República Checa, Turquia, Estados Unidos e Africa do Sul.
Segundo o diretor-executivo da DUCI e agora da Fibertex no Brasil, Carlos Eduardo Benatto, a nova dona tem planos de expansão no curto prazo. O projeto prevê ampliação de 20% a 30% da capacidade instalada em Cerquilho, com início de produção em 2019. Em cinco anos, a meta é mais do que dobrar de tamanho.

Empresa brasileira é comprada pela Fibertex

Em 2016, o consumo aparente de não tecidos no Brasil totalizou 283,9 mil toneladas, o equivalente a US$ 1 bilhão.

Fonte:Valor Econômico

Load More Related Articles
Load More In CERQUILHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Aldo, do PSDB, é eleito prefeito de Cerquilho

Aldo, do PSDB, foi eleito, neste domingo (15), prefeito de Cerquilho (SP) para os próximos…